[Crônica] Como eu me enxergo em forma de desenho?


Primeiramente, não reparem nos traços. Não sou desenhista! Gosto e até tenho facilidade para desenhar, mas não tenho nenhum tipo de técnica e sei que meus desenhos são extremamente amadores, perceptíveis nos traços e na pintura de maneira rústica (usei giz de cera e lápis de cor) Tentei desenhar de forma mais realista, mas ficou horrível e vários papéis foram amassados e arremessados para longe... hehehehe... Até que consegui fazer um desenho simples (bem parecido com esses de gibi) que me agradasse e que mostrasse mais ou menos como sou, pois esta é a proposta do post de hoje: mostrar como eu me enxergo em forma de desenho.

Um detalhe importante: o Igor estava comigo nessa brincadeira. Enquanto eu tentava montar os traços, ele folheava e rabiscava  o livro de colorir do Mickey, sua nova paixão! E eu ali, tentando desenhar e de olho no ruivo. Vixi, lápis de cor caiu no chão, giz de cera foi parar dentro de um enfeite que eu uso na mesa, dois apontadores viraram dois carrinhos em cima do desenho do Mickey, com direito a Vrummm vrummm...etc. Enfim, vocês perceberam que eu tive que desenhar às pressas, né? Corre corre de mãe é assim mesmo, mas eu tentei, juro que tentei seguir a proposta.

Por que esse desenho me representa? Amo o céu, dia e noite... Quis mostrar esses dois lados de mim mesma: 1) suave, romântica, poética  e repleta de sonhos assim como o céu diurno sugere;  2) admiradora das estrelas e amante da magia e do mistério que o céu noturno revela aos nossos olhos.  É um lado mais dark que não posso negar, haja vista meus looks góticos na casa dos 20 e poucos anos (qualquer dia postarei aqui no blog) e também meu lado místico: admiradora do Cosmos e de toda a sua energia e segredos. Meus olhos estão fechados porque eu quis mostrar o meu lado mais meigo e sereno, embora eu tenha um outro lado também: mais séria... Até tentei me desenhar com os olhos abertos mas não ficou nada legal! Não consegui desenhar igual a mim porque tenho mesmo essa dificuldade na hora de desenhar, mas um dia, quem sabe, com muito treino e persistência, chego lá.

Dia e noite: meu lado clean, meu lado místico e o meu lado dark,  essências que se complementam formando o meu eu que ainda está em construção. E quem não está, não é mesmo? Se fecho os olhos, sonho com as estrelas, se abro os olhos, vejo desenhos nas nuvens. A inspiração vem e vai, me domina e me abandona, mas sempre volta, o que alarga o meu sorriso e abrilhanta os meus olhos... E assim vou escrevendo, vivendo, sentindo, no balanço que o vento propõe, no ritmo que a vida me leva. Sou mãe, mulher, vento e poesia... Sou esposa, aprendiz, estrela e magia... Vivo com e sem freios... Um dia domarei os medos e os cabelos.

Ah, estou levemente sorrindo no desenho. Sou assim mesmo, feliz por dentro sem precisar demonstrar muito por fora. Sempre fui assim, é a minha essência,  minha paz de dentro e o meu jeito de ser feliz. Não duvidem da minha força interna por conta da fragilidade que demonstro exteriormente. Vocês não imaginam o que carrego aqui em mim. Só posso dizer que é um mix de tanta coisa: amor, vida que pulsa e que brilha, poesia em chama que irradia por todos os pontos do corpo e muito mais... Sorrio internamente e balbucio sonhos pelas veias em flama, não sou perfeita como ser humano e nem quero ser... mil e um defeitos na mesma proporção das virtudes...  Nessa minha bagagem interna também há o sobrepeso de tantas coisas, não são apenas coisas positivas, pois todo ser humano carrega dentro de si suas mazelas, mas o amadurecimento após os 30 anos tem me feito rever o que me faz mal e aos poucos ressignificar ou eliminar esses ponteiros que fazem o meu relógio ir para trás ao invés de ir para a frente. 

E se um dia eu estiver calada no meu canto,  não repare, não significa que eu esteja te ignorando... estou apenas refletindo sobre a vida, sendo feliz comigo mesma, alimentando a minha paz com o sabor do silêncio ou simplesmente flutuando acordada... 



Acompanhe minhas redes sociais:


Este post faz parte de uma blogagem coletiva do grupo Rotaroots, uma turminha que preza por uma blogosfera oldschool, mais criativa e autoral.

Espero que tenham gostado e até o próximo post!



12 comentários:

  1. Ana, foi você que desenhou? Ficou lindo.. eu mal mal, sei desenhar bonequinho de palitinhos hahaha
    beijinhos

    fiamavsa.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Fiama! Fui eu mesma quem desenhei, aqui com o Igor mexendo nos lápis, nas folhas de sulfite...rs..tudo às pressas. Fico feliz por ter gostado do desenho, ficou bastante simples mas acho que me representa. Super beijo!

      Excluir
  2. Seu desenho ficou lindo! Acho que conseguiu representar muito bem o que vc quis expressar.
    Olhando alguns auto retratos antigos, reparei que sempre me desenho com os olhos fechados também. Acho que tem algo a ver com viver a própria realidade, independente do mundo externo (e não tanto com a falta de técnica). Vou tentar fazer um também, para compara com os antigos. :)
    Até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ane! Fico feliz que tenha gostado do desenho e que eu tenha conseguido me expressar através dele. Acredito que sua interpretação esteja correta, pois eu vivo mais a minha própria realidade. Depois quero ver o seu desenho, hein! Beijos!

      Excluir
  3. Ficou uma graça Ana Paula, você tem jeito pra coisa mesmo!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rita! Agora fiquei radiante, feliz demais com o seu comentário, vou treinar mais para aperfeiçoar os traços. Obrigada, flor. Beijinhos!

      Excluir
  4. Pra quem não desenhista e não usa técnicas, deseja muito bem ^^ representou muito bem o que quis expressar, adorei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Clauci! Muito obrigada, fico contente em saber que consegui expressar algo pelo desenho, fazia tempo que não desenhava. Obrigada pela visita. Bjsss

      Excluir
  5. Oi Ana!
    Ainda não consegui desenhar nem produzir nada em relação a esse MEME. Acho que vou deixar passar porque não desenho nem boneco palito (e eu não sou "palita" kkkkk).


    Beijo grande,
    Grazy
    www.parolar.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Grazy! Ah, não deixa passar não, desenha do seu jeito, não tem problema, o importante eh participar. Beijo grande!

      Excluir
  6. E eu aqui, sem saber desenhar nem palitinhos kkkkkk.

    www.semsorte.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabriel! Quero ver seu desenho, mesmo que seja de palitinho, o importante eh a criatividade e o capricho! Beijos!

      Excluir

Se gostou do post, comente aqui =^.^= Ficarei muito feliz com o seu comentário! Responderei aqui mesmo embaixo do seu recadinho. Obrigada pela visita e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...