[meus textos] Um texto meu de 10 anos atrás (outubro de 2008)

Olá, amados(as), tudo bem com vocês? No post de hoje, compartilho com vocês um texto meu de 10 anos atrás que achei em uma pasta preta. Nesta pasta tenho centenas de textos que não jogo fora de jeito nenhum, pois fazem parte da minha história.
Achei curioso esse texto estar marcando "outubro/2008", exatamente no mês em que estamos agora. Era uma época meio turbulenta, pois eu estava cursando o mestrado na PUC e trabalhando freneticamente. Rotina extremamente desgastante, mas sobrevivi. Eis o texto:

"Eu jurei que a tua chegada seria mansa e que o enovelamento de tua entrada em minha psique não causaria grandes impactos. Promessas que não pude cumprir! Engano tão íntimo, característico de uma pobre libriana ajoelhada entre o chão cinza e os ladrilhos multicoloridos dessa morada transitória.
Eu prometi que o teu respiro estaria presente nesta espera alucinada, respiração ora ofegante, ora sereníssima. Juras que nem sei por que existem. 
Agora, prestes a tê-lo só para mim, o silêncio torna-se martírio, pois não serei mais a mesma. Aliás, durante esta escrita já estou modificada.
Perderei você, "27" e ganharei o "28". Carta, despedida e espera! Idade inesperada e às vezes esperada. O "28" sabe que em mim fará grandes revoluções. 
Ansiedade dominante, a perda junto ao "ganhar": partículas numéricas formando a canção de um novo dia. Renasço em mim mesma no cantarolar dessa espera... Aniversário embalado! Desembrulharei os presentes, um a um, silenciando, ou gritando um pedido que eu ainda não descobri. Minh'alma esconde segredos de mim. 
[...]
O que criamos e o que podemos criar? Qualquer ato gera uma criação, desejável ou não... Não quero pensar sobre isso, apenas cambalear entre os rumos desgastantes de mim para descobrir o que restou. Ou, como uma alternativa refrescante, sair do espaço que criei e enfrentar caminhos absolutamente novos. Abandonar o medo que alojou-se em mim. Ajoelharei perante o sonho: fragmento que restou dessa alma incerta e desses desafios dilacerantes. Seja bem-vindo, meus "28" anos."

Espero que tenham gostado!
💕💕💕💕💕💕

0 comentários:

Se gostou do post, comente aqui =^.^= Ficarei muito feliz com o seu comentário! Responderei aqui mesmo embaixo do seu recadinho. Obrigada pela visita e volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...